Rei da “Fake News”: Kajuru foi punido pela Justiça 19 vezes por mentir ou atacar adversários

O candidato Jorge Kajuru (PRP), que tenta uma vaga no Senado, já tem um recorde para chamar de seu na política. Só nesta campanha, Kajuru foi punido pela Justiça Eleitoral 19 vezes; sempre por atacar a honra de adversários ou divulgar notícias mentirosas (fakes news).

O principal alvo de Kajuru foi o ex-governador e rival na disputa pelo Senado, Marconi Perillo. A todo momento, Kajuru divulgou notícias falsas sobre o Marconi, como por exemplo a de que o ex-governador teve prisão decretada durante a Operação Cash Delivery, o que não é verdade.

Por esta mentira, Kajuru foi punido e teve que apagar de suas redes sociais o vídeo em que afirmava mais essa fake news. A campanha de Kajuru ainda foi manchada nesta última semana de campanha pela polêmica com os evangélicos. Em vídeo que viralizou pelo Brasil, Kajuru ataca pastores e quem paga dízimo e chega chamar Deus de “canalha”.

A comunidade evangélica se revoltou e lançou uma mobilização grande contra Kajuru. Pastores e lideranças evangélicas de todo o País gravaram vídeos negando o voto a Kajuru e condenando o vereador por atacar quem crê na palavra de Deus e segue o Evangelho.