“Não é um candidato forte em Goiás”, afirma Jayme Rincon sobre Jorge Kajuru

Goiânia – Coordenador da campanha da base aliada em Goiânia, o presidente da Agetop, Jayme Rincon (PSDB), afirmou que apesar de ser um candidato com certa expressão em Goiânia, o vereador Jorge Kajuru, pré-candidato ao Senado Federal, “não é um candidato forte em Goiás”.

Além do modo truculento, comparado com o do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que o afasta do eleitorado feminino, Kajuru não tem expressão política em todos as regiões do Estado. Segundo Jayme Rincon, para uma “pessoa se eleger senador ela precisa ter uma votação expressiva em todo estado”. “Eu não vejo esse risco do Jorge Kajuru se tornar um candidato competitivo no estado de Goiás”, disse.

“O Kajuru terá uma dificuldade muito grande porque não tem estrutura no interior”, disse Jayme, que também ressaltou que “o senado não merecia um senador do porte do Kajuru”. “Goiás não estaria bem representado”, completou.

“No caso do governador Marconi Perillo temos uma história muito grande e uma forca política enorme no Estado inteiro”, comparou Jayme Rincon. Na pesquisa Real Time Big Data/TV Record, divulgada no jornal Goiás Record, na noite de terça-feira (31/7), Perillo lidera as intenções de voto com 26%.