ENTRE O CÉU E O INFERNO MARCÃO DA CORUJA (PRP) PODE TERMINAR SOZINHO, DEUSMAR FOI O PRIMEIRO A ABANDONAR O BARCO

Nada pior para um candidato do que a falta de comprometimento de seus pares. Agora imagine como deve estar a cabeça do candidato da situação, na eleição de logo mais na câmara municipal, Marcão da Curuja (PRP). O Deusmar já deu entrevista dizendo que vai pular fora do barco e que a câmara é pequena demais para sua beleza. Vai vendo.

Quase I
Marcão da Coruja (PRP) quase não foi eleito vereador, teve 636 votos, a mesma quantidade que o seu suplente Marciel do tudo caipira (DEM), só pulou para dentro porque é mais velho e desfrutou do direito garantido na legislação.

Quase II
Marcão da Coruja quase manteve sua palavra, mas não conseguiu. Era candidato a vice na chapa dos 12 vereadores descontentes com os desmandos de Deusmar Barbosa (DEM). Marcão chegou a dar uma entrevista dizendo que só mudaria de lado e passaria para o lado de Deusmar se fosse comprado e que não estava a venda. Anoiteceu cantando essas palavras e amanheceu abraçado com Deusmar, em lua de mel, como candidato a presidente. Ele abandonou os companheiros, mas o grupo dos onze parece se manter firme.

Troca-troca bipolar
O que se passa na cabeça de Marcão da Coruja? Ganhou para vereador, trocou de cadeira para assumir uma secretaria de Adib Elias. Reapareceu no cenário, trocando a secretaria pela câmara. Lançou-se candidato a vice presidente em uma chapa que parece consolidada com 11 vereadores e do nada trocou de pares e se juntou aos 5 vereadores que apoiam o projeto de Deusmar, parece que não convenceram mais ninguém.
Nesse samba de crioulo doido diversos vídeos com denúncias estão denegrindo a carreira política de Marcão, algumas colocam em cheque até sua credibilidade como festeiro da festa do Rosário, falam em desvio de dinheiro.
Deusmar já anunciou que está fora, vai para Goiânia e que a câmara é pequena demais para ele. Vendo isso Marcão também vai trocar outra vez de cadeira, disse que pretende voltar a ser secretário de Adib na prefeitura.
Já imaginou o Marcão da Coruja presidente da Câmara? Pensa numa política inconstante, firmada na areia movediça, é isto mesmo, sem firmeza. #políticabipolar