CÂMARA APROVA PROJETO DE PROCESSO SELETIVO PARA 315 CARGOS NA SAÚDE MUNICIPAL

O projeto tem como objetivo realizar a adequação de profissionais capacitados que estão trabalhando em regime precário de contratação e realizar o processo seletivo para 315 cargos na saúde.
A oposição questionou os motivos que levaram o prefeito Adib Elias a mandar o projeto de supetão, na última sessão do ano, sem tempo para debater e encontrar o melhor caminho para a saúde que vive um verdadeiro caos em Catalão.
O vereador Paulinho do Vale (DEM) disse que não sabe quando o prefeito Adib fala mentira ou verdade, “uma hora ele fala que vai fechar a UPA, depois manda projeto para contratar 315 pessoas, inclusive para a UPA”. O vereador Sousa Filho (PSD) admoestou que do mesmo jeito “profissionais da educação, assim como na saúde, também trabalham em regime precário de contratação no município”. O vereador Marcelo Mendonça (REDE) alertou que é preciso acabar com os projetos de “remendos” e passar para os projetos definitivos. Neste caso o concurso publico na saúde seria uma solução. Todos os vereadores votaram a favor do projeto.